Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Gente que mente

“Olha, eu não vou falar explicitamente do caso do mensalão, porque eu tenho uma crença histórica de que não houve uso de recursos públicos. Houve sim um erro que tem de ser punido, todos nós sabemos, de uso de caixa dois em eleições, em processos eleitorais. É disso que se trata, a meu juízo. Então, […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 05h23 - Publicado em 17 set 2013, 03h27

“Olha, eu não vou falar explicitamente do caso do mensalão, porque eu tenho uma crença histórica de que não houve uso de recursos públicos. Houve sim um erro que tem de ser punido, todos nós sabemos, de uso de caixa dois em eleições, em processos eleitorais. É disso que se trata, a meu juízo. Então, qualquer juízo, qualquer desvio, insisto, tem de ser punido, não há dúvida nenhuma”.

Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência, sobre o julgamento do mensalão, ensinando que um mentiroso compulsivo, visto de perto, é apenas alguém que tem “crenças históricas”.

Publicidade