Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Entrevistado distraído

“Queremos ter oportunidade de dialogar com os descontentes. Garantir a estabilidade, como foi no primeiro governo Dilma. O segundo não começou”. Rui Falcão, presidente do PT, em entrevista ao El País, fingindo esquecer que o segundo governo não começou nem vai começar.

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h01 - Publicado em 13 abr 2016, 16h42

“Queremos ter oportunidade de dialogar com os descontentes. Garantir a estabilidade, como foi no primeiro governo Dilma. O segundo não começou”.

Rui Falcão, presidente do PT, em entrevista ao El País, fingindo esquecer que o segundo governo não começou nem vai começar.

Publicidade