Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Efeito colateral

“O erário público nunca foi prejudicado. As aplicações e os recursos sempre foram em favor de programas que atendem mandamentos da condição. Nem os bancos foram prejudicados. Aliás, os bancos lucraram e foram beneficiados com esses programas”. Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, nesta segunda-feira, explicando que pedalada fiscal é uma tremendo remédio financeiro cujo único efeito […]

“O erário público nunca foi prejudicado. As aplicações e os recursos sempre foram em favor de programas que atendem mandamentos da condição. Nem os bancos foram prejudicados. Aliás, os bancos lucraram e foram beneficiados com esses programas”.

Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, nesta segunda-feira, explicando que pedalada fiscal é uma tremendo remédio financeiro cujo único efeito colateral é o impeachment.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s