Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

É o Brasil (2)

“Em setembro de 2008, fui chamado a Brasília pelo ministro Edison Lobão. Então, ele anunciou que, a partir de 3 de outubro, eu seria o novo presidente da empresa. Cheguei a dizer que havia alguma coisa errada, pois o que sabia fazer era ser diretor de Operações. Aí, ele respondeu que eu tinha uma semana […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 13h03 - Publicado em 25 jan 2011, 22h31

“Em setembro de 2008, fui chamado a Brasília pelo ministro Edison Lobão. Então, ele anunciou que, a partir de 3 de outubro, eu seria o novo presidente da empresa. Cheguei a dizer que havia alguma coisa errada, pois o que sabia fazer era ser diretor de Operações. Aí, ele respondeu que eu tinha uma semana para me preparar”.

Carlos Nadalutti Filho, presidente de Furnas há dois anos e meio, revelando que fez um cursinho intensivo de uma semana para aprender a dizer amém a tudo o que diz  Edison Lobão, vulgo Magro Velho, que aprendeu há muito tempo a dizer amém a tudo o que diz José Sarney, vulgo Madre Superiora.

Publicidade