Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

É namoro

“A primeira vez que eu ouvi a Dilma falar, ela roubou meu coração”. Hugo Chávez, presidente da Venezuela e bolívar-de-hospício, confirmando que a coisa está mais para namoro do que para amizade.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 11h40 - Publicado em 10 jun 2011, 21h31

“A primeira vez que eu ouvi a Dilma falar, ela roubou meu coração”.

Hugo Chávez, presidente da Venezuela e bolívar-de-hospício, confirmando que a coisa está mais para namoro do que para amizade.

Publicidade