Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Delcídio foi rebaixado por Lula a “imbecil” não por desandar na bandidagem, mas porque não aprendeu com o mestre como se faz para delinquir sem dormir na cadeia

Depois de examinar o episódio protagonizado por Delcídio do Amaral, Lula emitiu um parecer que honra, pela clareza concisa, a categoria dos especialistas em casos de polícia: “Coisa de imbecil. Uma burrada”. Como o ex-presidente jamais censurou bandidagens envolvendo amigos, parentes, sócios e aliados, está claro que o que considera imbecilidade não é a obscena […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 9 fev 2017, 17h25 - Publicado em 27 nov 2015, 17h12

Depois de examinar o episódio protagonizado por Delcídio do Amaral, Lula emitiu um parecer que honra, pela clareza concisa, a categoria dos especialistas em casos de polícia: “Coisa de imbecil. Uma burrada”. Como o ex-presidente jamais censurou bandidagens envolvendo amigos, parentes, sócios e aliados, está claro que o que considera imbecilidade não é a obscena tentativa de obstrução da Justiça. É a inexistência de um esquema de segurança que impeça gravações de alta periculosidade.

Para Lula, só merecem respeito, além do selo de “inocente” ilustrado pela estrelinha do PT, delinquentes de estimação que se esmeram na ocultação de provas do crime. Esses são bons companheiros, gente fina, inteligente, sublinha o comentário de 1 minuto para o site de VEJA. Alguns não escaparam da gaiola, outros continuam em liberdade. Mas todos fizeram o possível para aperfeiçoar-se, assimilando os ensinamentos do mestre Lula, na arte de pecar sem dormir na cadeia.

http://videos.abril.com.br/veja/id/a40a411a2d535a510c8a3cfc592bab98?

Publicidade