Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Como naufragar em 12 segundos

Só nesta quarta-feira se soube que a náufraga de Copenhague escapou por pouco da morte por afogamento. Numa nota de 16 linhas perdida na página 19, a Folha informou que um acordo costurado às pressas entre militantes nativos e estrangeiros impediu que Dilma Rousseff fosse contemplada com o antiprêmio “Fóssil do Dia”. Concebido por um colegiado de Ongs, a distinção indesejável […]

Só nesta quarta-feira se soube que a náufraga de Copenhague escapou por pouco da morte por afogamento. Numa nota de 16 linhas perdida na página 19, a Folha informou que um acordo costurado às pressas entre militantes nativos e estrangeiros impediu que Dilma Rousseff fosse contemplada com o antiprêmio “Fóssil do Dia”. Concebido por um colegiado de Ongs, a distinção indesejável é entregue a quem complica com especial eficácia a busca de soluções para problemas ambientais.

Dilma transformou-se em candidata imbatível ao declarar incompatíveis o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável. A sorte da virtual vencedora do “Fóssil do Dia” é que o colega Carlos Minc assimila grosserias como um grande pugilista assimila jabs desferidos por novatos. Com a ajuda de dirigentes de Ongs brasileiras, ele esqueceu a chuva de pitos promovida pela chefe e conseguiu dos coordenadores da antipremiação a transferência do constrangimento para os Estados Unidos. Minc jurou que a ministra tem cura. O vídeo afirma o contrário.

O naufrágio precipitado por 27 palavras divididas em duas frases durou 12 segundos. No primeiro, Dilma Rousseff ergue os olhos pousados no texto para avisar em 13 letras (O meio ambiente é) que vai discorrer sobre o antigo desafeto. Contemplando um ponto imaginário à sua esquerda, um metro acima das cabeças na plateia, a oradora sublinha antecipadamente (sem dúvida nenhuma) o que dirá em seguida. Retoma a leitura do script e parte para a definição que, desastrosa em qualquer lugar, explodiu como um míssil na Conferência do Clima de Copenhague: uma ameaça ao desenvolvimento sustentável.

Se havia um não antes do é, foi sintomaticamente suprimido dos caracteres digitados no teleprompter da alma. Se não havia, Dilma é incapaz de distinguir um naufrágio de um banho de mar. As imagens só informam que a mulher com sotaque mineiro não se dá conta do que acabou de ocorrer. Fundindo enfado e estupidez no olhar sem brilho, volta à contemplação do horizonte insondável e improvisa o atalho para o ponto final: Isso significa que é uma ameaça pro futuro do nosso planeta e dos nossos países“. Se o planeta é ameaçado, também os países estão em perigo. Faz sentido. Platitudes quase sempre fazem sentido.

Fechada na ministra, a câmera não exibe a reação da plateia nem dos parceiros de comitiva. Ficam fora, por exemplo, a perplexidade do embaixador Luiz Figueiredo, que chefiou a delegação brasileira até a chegada da candidata à Dinamarca, o horror estampado no rosto de ambientalistas militantes e o espetáculo da orfandade protagonizado por cabos eleitorais da Mãe do PAC. Não importa. Nenhum vídeo assim curto devassou com tão perturbadora nitidez a cabeça permanentemente em tumulto.

A gerente de país sempre achou que qualquer paisagem ficaria muito melhor se exibisse soja em vez de mata, sempre defendeu a semeadura de turbinas nos leitos dos rios selvagens. (“Não tem como garantir um crescimento com energia limpa sem as hidrelétricas”, reincidiu em Copenhague). Lula achou que uma semana na Dinamarca transformaria o Terror da Amazônia em Amiga da Selva. Até que vieram as 27 palavras.

Valeram mais que mil discursos. Fora o troféu, que ficou para a próxima.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    joão batista

    Isso não merece outro comentário:
    Senhor Deus salva-nos!
    Cidadãos e cidadãs brasileiros(as)que pensam em votar nessa candidata: acordem enquanto é tempo!
    Imprensa e mídia brasileira independente: mostrem ao povo a verdade sobre o perigo que o povo brasileiro está correndo ao votar no continuismo do atual governo. Fui do PT, depois PHS, depois PSB e atualmente PDT. Três desses partidos estão aliados à candidata presidente, sendo um o dela, porém, como Cristão, cidadão de bem e quem ama a nossa pátria, a minha família, meus filhos e netos, jamais poderia votar nessa mulher. Quem tiver dúvida de quem ela seja faça uma pesquisa de sua vida pregressa! Quanto ao PT, esse partido é um grande engodo, uma fraude!

    Curtir

  2. Comentado por:

    BOB SOLO

    E pensar que essa criatura pleiteia o maior cargo do pais! Votar nessa mulher é destruir o pais de uma vez por todas. Loucura total!

    Curtir

  3. Comentado por:

    Nuno Alves

    Já a Dilma é uma ameaça ao meio ambiente, ao desenvolvimento sustentável, a decência, a verdade e ao futuro do nosso país.

    Curtir

  4. Comentado por:

    6a.freira

    MEU DEUS!!!
    Se por alguma maldiçao esta coisa for eleita, não vejo alternativa senão uma revoluçao armada. Estou pronta. Libertas quae sera tamen.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Edi Cavalcante

    E aí, PV nacional e francês, Marina & cia ? qual é a de vocês ?

    Curtir