Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Começou a votação na enquete: Eduardo Paes, Kátia Abreu, Ricardo Barros, Roberto Requião e Vanessa Grazziotin brigam pelo troféu de agosto

Confira a ficha resumida dos candidatos e os trunfos eleitorais de cada um

Por Branca Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 21h57 - Publicado em 1 set 2016, 19h04

HSV

Começou a votação na enquete que elegerá o Homem sem Visão de Agosto. Atendendo a pedidos dos leitores-eleitores, a Comissão Organizadora do troféu adiou o início da disputa para aguardar o desfecho do julgamento do impeachment de Dilma Rousseff ─ e garantir que nenhuma fera ficasse fora da jaula. Entre os cinco candidatos, três representam o que há de pior na Casa do Espanto. Confira a ficha resumida e as bandeiras de campanha de cada campeão:

 

Continua após a publicidade

EDUARDO PAES

size_810_16_9_paes

“Como o chefe achou que foi injustiçado na eleição de julho, resolveu usar a experiência adquirida na Olimpíada para jogar pesado”, confidenciou um dos 321 assessores de confiança de Eduardo Paes. Ainda entusiasmado com a repercussão do tratamento dispensado à delegação australiana, ameaçada pelo prefeito do Rio de ver os alojamentos em frangalhos enfeitados com cangurus, Paes evocou uma variação cafajeste do animal durante a entrega de um lote de casas a moradores de baixa renda. Primeiro, recorreu a palavras impublicáveis para sugerir a uma das beneficiadas que passasse o dia fazendo sexo. Em seguida, berrou a notícia à plateia formada por vizinhos: “Ela disse que vai fazer muito canguru perneta aqui”.

 

Continua após a publicidade

KÁTIA ABREU

katiaabreu620

A vitória na disputa de agosto ajudará Kátia Abreu a ser oficialmente agraciada com o título de Melhor Amiga de Dilma Rousseff. A latifundiária do Tocantins está convencida de que, para realizar o maior sonho de sua vida, só falta o troféu já conquistado pelas concorrentes Erenice Guerra, Gleisi Hoffmann e Marilena Chauí. “Só eu ainda não sou Homem sem Visão”, lamentou em seu diário num intervalo do julgamento do impeachment. Senadora e política de carreira, a candidata ampliou o eleitorado depois de escrever um artigo no qual afirma que a corrupção envolve todos os senadores e todos os políticos de carreira.

 

Continua após a publicidade

RICARDO BARROS

1cv

Ministro da Saúde de Michel Temer, Ricardo Barros começou a preparar o lançamento da candidatura em maio, quando ornamentou seus comentários sobre a liberação do uso da fosfoetanolamina, a “pílula do câncer”, com uma frase poderosa: “A fé move montanhas”. Em julho, revelou que os brasileiros que procuram postos de saúde, em sua maioria, são afetados por “efeitos psicossomáticos” que induzem gente saudável a imaginar-se doente. Depois de inscrever-se na eleição de agosto, Barros comunicou ao mundo que os homens não vão ao médico tanto quanto as mulheres porque “trabalham mais”.

 

Continua após a publicidade

Roberto Requião

30924_CIA_7221

Apreciador de mamona, que prefere engolir sem molhos ou temperos, o senador Roberto Requião decidiu juntar-se à bancada da gritaria que agiu na Casa do Espanto durante o julgamento do impeachment de Dilma Rousseff. Depois de berrar na tribuna do Senado que a guerrilheira aposentada empunhou metralhadoras para defender a democracia – não para substituir a ditadura militar pela ditadura comunista –, o parlamentar paranaense achou uma boa ideia ler a Carta Testamento de Getúlio Vargas. Amigos e parentes de Dilma ameaçam processá-lo por indução ao suicídio.

 

Continua após a publicidade

Vanessa Grazziotin

Vanessa-traída

Essa maravilha da fauna amazonense entrou na briga de foice antes mesmo do início do julgamento do impeachment. Uma das favoritas na briga de foice de agosto, a senadora do PCdoB consolidou a candidatura ao enxergar em Dilma Rousseff uma “presidenta inocenta” ─ e confirmar, com a declaração, que o neurônio solitário é contagioso. A multidão de admiradores cresceu notavelmente depois que Vanessa anunciou a mais recente descoberta: o único crime que Dilma cometeu foi ter nascido mulher.

São cinco feras numa só jaula, leitores-eleitores! Não fiquem fora da única eleição que permite votar sem remorso em gente que ninguém merece! A votação será encerrada na segunda-feira, 5 de setembro. E que vença o pior!

Continua após a publicidade
Publicidade