Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Combate ao plágio

“Da boca deles, quando ouvimos que o novo é o novo, apenas enxergamos a mais patética, dramática e caquética cena da velha política. O que chamar de ‘novo’ é cobrir de paetês velhas oligarquias e falsas alegorias?” Rui Falcão, presidente do PT, nesta segunda-feira, em discurseira na cerimônia de comemoração de 34 anos do partido, acusando […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h28 - Publicado em 11 fev 2014, 17h15

“Da boca deles, quando ouvimos que o novo é o novo, apenas enxergamos a mais patética, dramática e caquética cena da velha política. O que chamar de ‘novo’ é cobrir de paetês velhas oligarquias e falsas alegorias?”

Rui Falcão, presidente do PT, nesta segunda-feira, em discurseira na cerimônia de comemoração de 34 anos do partido, acusando a oposição de querer plagiar o que a companheirada faz desde janeiro de 2003.

 

Publicidade