Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Calote virou adubo

Kátia Abreu ensina que pedalada fiscal desenvolve a agricultura

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 22h49 - Publicado em 5 Maio 2016, 07h13

“Em 2014, o governo atrasou pagamentos aos bancos. E por isto chamam de pedaladas. Mas a safra saiu”. (Kátia Abreu, ministra da Agricultura e melhor amiga de Dilma Rousseff, nesta quarta-feira, usando sua página no Twitter para explicar que os produtores rurais nada teriam colhido em 2014 se o governo não tivesse plantado crimes fiscais, tapeações contábeis e safadezas financeiras.

Publicidade