Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cabeça em parafuso

“Eles gostariam de ser as vozes do quarto poder, um poder ilegítimo, não eleito pelo povo. Não vou recuar, nem me intimidar a eles, porque eles é que são os verdadeiros censores e tentam calar e ridicularizar todas as vozes que pensam diferente”. Alberto Cantalice, vice-presidente do PT e candidato ao título de HSV de […]

Por Branca Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 03h37 - Publicado em 23 jun 2014, 21h12

“Eles gostariam de ser as vozes do quarto poder, um poder ilegítimo, não eleito pelo povo. Não vou recuar, nem me intimidar a eles, porque eles é que são os verdadeiros censores e tentam calar e ridicularizar todas as vozes que pensam diferente”.

Alberto Cantalice, vice-presidente do PT e candidato ao título de HSV de Junho, confundindo os nove jornalistas que incluiu na lista negra do PT com os companheiros que lutam para implantar o “Sistema Nacional de Participação Social”, vulgo Democracia Totalitária.

Publicidade