Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Boa dupla

“Se peguei uma carona… Eu estando lá e ver o helicóptero vazio, não posso ir?”. Henry Duailibe Filho, empreiteiro maranhense, parceiro do governo estadual em contratos de bom tamanho e amigo de José Sarney, sobre o passeio em companhia de Madre Superiora no helicóptero da Polícia Militar, reiterando em dilmês primitivo que brasileiro, de graça, […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 31 jul 2020, 11h01 - Publicado em 22 ago 2011, 22h33

“Se peguei uma carona… Eu estando lá e ver o helicóptero vazio, não posso ir?”.

Henry Duailibe Filho, empreiteiro maranhense, parceiro do governo estadual em contratos de bom tamanho e amigo de José Sarney, sobre o passeio em companhia de Madre Superiora no helicóptero da Polícia Militar, reiterando em dilmês primitivo que brasileiro, de graça, topa até injeção na testa.

Publicidade