Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bigode no cérebro (2)

“Desoneramos demais os impostos, além do que podíamos. Vamos ter que fazer uma reorganização das contas públicas”. Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, descobrindo nesta quinta-feira o que já sabem há muitos anos os doidos de pedra, os napoleões de hospício e os bebês de colo.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 01h48 - Publicado em 21 mar 2015, 21h46

“Desoneramos demais os impostos, além do que podíamos. Vamos ter que fazer uma reorganização das contas públicas”.

Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, descobrindo nesta quinta-feira o que já sabem há muitos anos os doidos de pedra, os napoleões de hospício e os bebês de colo.

Publicidade