Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Acusação gravíssima

“Não podemos deixar que este processo do mensalão se transforme no julgamento da nossa geração. Por isso, peço a vocês, hoje aqui, fiquem vigilantes. Não permitam julgamento político. Não permitam julgamentos fora dos autos do processo. A única coisa que nós pedimos é o julgamento nos autos e que a Justiça cumpra o seu papel”. […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 08h39 - Publicado em 12 jun 2012, 08h30

“Não podemos deixar que este processo do mensalão se transforme no julgamento da nossa geração. Por isso, peço a vocês, hoje aqui, fiquem vigilantes. Não permitam julgamento político. Não permitam julgamentos fora dos autos do processo. A única coisa que nós pedimos é o julgamento nos autos e que a Justiça cumpra o seu papel”.

José Dirceu, durante a discurseira no congresso nacional de uma certa União da Juventude Socialista (UJS), acusando de quadrilheiros todos os companheiros de geração.

Publicidade