Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A segunda parte do encontro com Fidel e o caso do roubo do revólver do comandante

Na segunda parte da narrativa, aproveito para contar uma história ocorrida em 1960 que quase melou a aproximação entre o presidente eleito Jânio Quadros e a ditadura cubana. Durante um encontro entre Fidel Castro e jornalistas que acompanhavam a comitiva de Jânio, alguém roubou o revólver do comandante. Confira na seção Baú de Presidentes.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 07h42 - Publicado em 6 out 2012, 00h53

Na segunda parte da narrativa, aproveito para contar uma história ocorrida em 1960 que quase melou a aproximação entre o presidente eleito Jânio Quadros e a ditadura cubana. Durante um encontro entre Fidel Castro e jornalistas que acompanhavam a comitiva de Jânio, alguém roubou o revólver do comandante. Confira na seção Baú de Presidentes.

Publicidade