Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A fraude mascara o fiasco do PAC

Primeiro o presidente Lula debitou os atrasos nas obras do PAC na conta dos fiscais do Ibama. Depois, garantiu que o Brasil só não fora transformado no maior canteiro de obras do planeta por culpa da perereca gaúcha, do bagre do rio Madeira e das machadinhas indígenas. Em seguida, descobriu que a rede de sabotadores […]

Primeiro o presidente Lula debitou os atrasos nas obras do PAC na conta dos fiscais do Ibama. Depois, garantiu que o Brasil só não fora transformado no maior canteiro de obras do planeta por culpa da perereca gaúcha, do bagre do rio Madeira e das machadinhas indígenas. Em seguida, descobriu que a rede de sabotadores da grandeza da pátria agia sob o comando dos ministros do Tribunal de Contas da União. Até que não restou ninguém mais a responsabilizar ─ e o maior governante desde Tomé de Souza, em parceria com Dilma Rousseff, resolveu acobertar a coleção de fiascos com truques de estelionatário.

Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo na edição desta terça-feira revela que os balanços do PAC têm sido discretamente maquiados ou grosseiramente fraudados para induzir o país a acreditar que vai muito bem o que se arrasta, patina ou não sai do lugar. Se o governo não adotasse a metodologia da vigarice, o mapa das obras seria um oceano de carimbos vermelhos (“preocupante”) e amarelos (“atenção”), com um punhado de ilhas assinaladas em verde (“adequado”). Graças à maquiagem operada por trocas de datas e palavras, o desastre administrativo é apresentado como a prova definitiva de que não há outra gerente de país como Dilma Rousseff.

O trecho norte do Ferroanel de São Paulo não vai ficar pronto no quarto trimestre deste ano, como se previu em 2007? Troque-se “conclusão da obra” por “conclusão do projeto”. O eixo norte da transposição do Rio São Francisco, com inauguração prevista para dezembro de 2012, vai esperar até o fim de 2014? Altere-se a data com discrição de punguista e não se fale mais nisso. O trecho Lapa-Pirajá do metrô de Salvador será só parcialmente concluído em dezembro? Inaugure-se a fatia possível e o próximo governo que cuide do resto.

A leitura da reportagem reafirma que Lula e Dilma são incompatíveis com a verdade. Fosse outro o país, a dupla de fraudadores, como na imagem de Nelson Rodrigues, estaria sentada no meio-fio chorando lágrimas de esguicho. Como o Brasil deu de tratar mentirosos compulsivos com a complacência reservada a meninos travessos, Lula vai continuar inaugurando pedras fundamentais e zombando, com o desembaraço dos inimputáveis, da inteligência do Brasil que presta.

“Tem gente que devia ter vergonha de torcer pra que dê tudo errado no governo do operário que virou presidente”, declamará outra vez.  Tem presidente que não tem vergonha de nada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Rodrigues

    Augusto,
    Os sete anos do desgoverno Lula já representa um grande PAC. Apenas manipulação de dados, de conquistas e de outros embustes. . Até mesmo as pesquisas eleitorais e de avaliação parecem estar sendo feitas na fila do bolsa-família.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Fitzcarraldo Silva

    Acabo de ler que “A Federação Paraibana de Futebol tenta proibir palavrões e gestos obscenos nos estádios.” Há….há….há….É a mesma coisa que proibir a entrada de ladrões e vigaristas no Congresso Nacional e no Palácio do Planalto…..há…há…há…

    Curtir

  3. Comentado por:

    mariá

    Augusto.
    Carlos Nascimento que faz comentários aqui, é o jornalista do SBT?
    Não, Mariá. Nosso Carlos Nascimento é exclusivo da coluna. abraços, Augusto

    Curtir

  4. Comentado por:

    Ricardo Galvão

    O presidente não tem vergonha de nada
    muito menos ns cara!!

    Curtir

  5. Comentado por:

    Caça-petralhas-Primeiro!

    Caríssimo Augusto.
    Pareço estar sendo coibido de soltar minhas voadoras na moleira, meus petelecos no nariz, minhas marretadas na virilha e minhas raquetadas na lata dos petralhas safardanas e desocupados que teimam em lançar suas bobagens aqui.
    Abraços de seu admirador…
    Se estou passando dos limites (abaixo da linha da cintura), perdoe.
    À vontade, amigo. Pancadaria liberada. Vamos à luta. abração, AN

    Curtir

  6. Comentado por:

    Caça-petralhas-Primeiro!

    henrique disse às 16:02
    Prá tua sorte estou comportado…

    Curtir

  7. Comentado por:

    Sandro Martins

    A megalomania e a safadeza dessa gente está saindo ao controle… e isso é uma ótima notícia !

    Curtir

  8. Comentado por:

    Reynaldo-BH

    Prezado Nando Esposito:
    correção aceita. Aprendi a frase como tal na saudosa Cultura Inglesa de Copacabana. Já li as duas citações.
    Mas, passarei a usar a que você indica!
    Obrigado pela dica e pela correção!
    Abração,
    Thank´s a lot!!

    Curtir

  9. Comentado por:

    Nando Esposito-SP

    Reynaldo, é um prazer aprender com vc tambem.

    Curtir

  10. Comentado por:

    Kowalski

    Por acaso, achei hoje o site do Paulo Henrique Amorim.
    Fiquei impressionado como ele e os leitores defendem o governo do “Molusco” e dos “Petralhas”.
    Ao mesmo tempo, “desce a lenha” na Veja, nas Organizações Globo e no “Estadão”.
    Havia um “post” defendendo essa tal UFABC e dizendo que os crítcos dela são “eleitores de Serra”, “antipetistas” etc.
    Pelo que li, ele tem muita mágoa da Globo e raiva de outros setores da imprensa além de ser petista fanático.
    Sinceramente, pensava que o “Paulo Henrique Tamborim” fosse um jornalista imparcial e sério.
    Enganei-me completamente…

    Curtir