Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A comparação escancarou o abismo

No segundo turno da eleição de 1998, um folheto sem maiores refinamentos nem requintes marqueteiros transformou-se na mais didática peça de propaganda da disputa pelo governo de São Paulo ─ e numa poderosa arma política de Mário Covas, que buscava a reeleição no duelo com Paulo Maluf. Para comparar os dois candidatos, os assessores do […]

No segundo turno da eleição de 1998, um folheto sem maiores refinamentos nem requintes marqueteiros transformou-se na mais didática peça de propaganda da disputa pelo governo de São Paulo ─ e numa poderosa arma política de Mário Covas, que buscava a reeleição no duelo com Paulo Maluf. Para comparar os dois candidatos, os assessores do governador relacionaram nove contrastes. Tanto bastou para escancarar o abismo que separava Covas de Maluf.

O que espera a oposição para recorrer à mesma fórmula, agora comparando os candidatos à Presidência da República? Basta substituir Mário Covas por José Serra, Paulo Maluf por Dilma Rousseff e repetir o texto quase integralmente. Os retoques são poucos. Na coluna da esquerda, só o nono item precisa ser corrigido. Como Covas já salvou São Paulo, Serra foi dispensado de fazê-lo. Limitou-se a melhorar o que recebeu em bom estado.

Na coluna da direita, dois itens devem ser revistos. Dilma Rousseff não poderia ter quebrado um Estado que não governou. Mas pode quebrar o Brasil. Também está longe dos 50 processos acumulados por Maluf. Em contrapartida, Maluf não se meteu com grupos armados que queriam trocar a ditadura militar pela ditadura do proletariado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    marcelo f.

    maluf perto dessa turma de petralhas é moto-boy da martaxa e, nesta condições, pegaria uns trocos dos pedagios instituidos pela ex-suplicy e olhe lá…o ignássio chamou o serra pra briga ontem quando reclamou das respostas da campanha tucana…dilma é collor sim e collor é dilma sim…houve invasão sim e não há cartaxo que cartuxo não consiga derrubar…agora é pau a pau…serra tem com quem brigar…é o apedeuta do planalto x o candidato da ética…o bonobo alfa dos petralhas x o candidato da experiencia…agora é o ignocio x o candidato da ética e da plena capacidade…vai ser uma surra…fora com eles…

    Curtir

  2. Comentado por:

    Célio

    Sabias que o ódio está na raiz da grande maioria dos casos de câncer?
    Respeite tua presidenta, milicianocélio.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Cosmos

    Olha que é capaz dos petistas lembrarem que Covas apoiou Lula em 1989…. e não adianta vir com argumento de que Lula não havia sido Presidente ainda. Não vai colar. Apoiou e pronto. Que acha?
    Anunciou o apoio num comício no Pacaembu. Foi vaiado pela companheirada.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Francisco de Taubaté

    Augusto, como você já disse várias e várias vezes, o Serra só não ganha por falta de coragem. Que falta faz um Covas!

    Curtir

  5. Comentado por:

    Creso

    Vote no PT e acabe com o Brasil DILMAVEZ

    Curtir

  6. Comentado por:

    Ronaldo

    O comparativo já começou! Finalmente! Demorou!
    Agora é só ajustar o vocabulário!
    O povo não sabe o que é FAT, mas sabe muito bem o que é salário desemprego!
    Tem que ajustar o vocabulário para aqueles que ainda não votam no Serra!
    Tem que ter objetividade e acertividade!
    Tem que falar pro povão!
    E pra isso, tem que ser ‘na lata’!

    Curtir

  7. Comentado por:

    Alvaro

    Pois é Augusto, a hora da porrada, digo, da verdade demorou mas não passou.O material de campanha já melhorou um pouco, quem sabe de tanto a gente (o Brasil que pensa) insistir ou seja, exigir.Num duelo político prá valer Dilma não passa dos primeiros cinco minutos. Quem conheceu Covas sabe que ele só gostava de ganhar por “nocaute”. Serra vai ganhar “por pontos”. O Brasil é maior que a baixaria do Pte

    Curtir

  8. Comentado por:

    Naiara

    Era criança na época do Mário Covas, mas o achava genial. Por isso, hj sou da geração do neto, Bruno Covas.
    Um grande deputado estadual, aliás. abraços

    Curtir