Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Filósofa de hospício

Marilena Chauí não se livrou do surto que começou com a assombrosa revelação: 'Quando Lula fala, o mundo se ilumina'

Por Augusto Nunes - 24 ago 2019, 07h31

“Lula livre não basta. Temos que estar nas ruas para dizer o que significa ele preso. Foi feito um trabalho, uma lavagem cerebral totalitária para manchar a imagem de Lula. Não temos apenas que dizer que ele tem de estar livre. Temos que explicar por que ele está preso!”. (Marilena Chauí, filósofa da seita dos devotos do ex-presidente presidiário, confirmando que continuam as visões amalucadas que começaram no dia em que fez a espantosa revelação: “Quando Lula fala, o mundo se ilumina!”)

Publicidade