Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

1 minuto com Augusto Nunes: Recorde a história da empresa que transformou Lulinha no “Ronaldinho” da informática

http://videos.abril.com.br/veja/id/d6caf047e26998ab882c485707f48d58

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    nelson

    Seria so coicidencia a portugal telecom ter as mesmas iniciais do partido do molusculo(pt)?

    Curtir

  2. Comentado por:

    H.Torquato

    Só tem um jeito é aparecer um militar com coragem bastante para colocar todos na cadeia. O PT se treme só em ouvir falar nessa possibilidade.
    Mas vai aparecer.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Cesar

    Augusto,
    O que o comentarista Geraldo das 8:12 escreveu é a mais pura verdade. Eu já tinha quase certeza disto há algum tempo. Ninguém que se manifesta por causas tansparentes precisa se esconder atrás de máscaras ou ficar encapuzado. Esses black blocs são mesmo militantes contratados para desmoralizar as manifestações, que, como era de se esperar, arrefeceram após os maus elementos se infiltrarem. Quem quer ficar correndo da polícia? Quanto ao Lulinha, é o retrato do PT. Filho do maior farsante que já apareceu neste país, era simples estagiário de jardim zoológico. Vagabundo como o pai, arrumou boquinha corrupta para virar empresário milionário às custas de nossa renda. Até quando essa corja vai ficar impune, Augusto ?

    Curtir

  4. Comentado por:

    Silveira

    Está arriscado ainda termos que indenizar estes indivíduos baderneiros ao alegarem que são perseguidos políticos como o foram os “perseguidos pela ditadura”. Vão vendo !

    Curtir