Alberto Carlos Almeida Por Coluna Opinião política baseada em fatos

Solidômetro: o relógio que mede a força de nossa democracia

Não há o que temer, Bolsonaro é um anão político diante de nossas instituições democráticas

Por Alberto Carlos Almeida - Atualizado em 1 dez 2019, 20h10 - Publicado em 1 dez 2019, 19h41

Inauguro aqui o relógio que mede a força de nossas instituições democráticas, o Solidômetro.

Fazem hoje 335 dias desde que Bolsonaro começou a governar e não houve AI-5, fechamento do regime, redução da idade compulsória de aposentadoria dos juízes, nem qualquer medida que ameaçasse o calendário eleitoral do Brasil. Nossa democracia é sólida. Quando chegar 2022, caso a oposição vença, não digam que a democracia renasceu, pois segundo este Solidômetro, ela nunca haverá de fraquejar em todo este período.

 Alberto Carlos Almeida/.

É importante separar as declarações de Bolsonaro e das pessoas próximas a ele, das ações de seu governo. São muitas as declarações anti-democráticas e ameaçadoras, mas não houve nenhuma lei aprovada que colocasse em risco a divisão de poderes, o federalismo ou o calendário eleitoral. Tampouco foram propostas ou aprovadas leis que restringissem as liberdades civil e política.

Avalio que se está fazendo tempestade em copo d´água, pois não há como Bolsonaro aprovar medidas de fechamento do regime. Ele não tem maioria nem na Câmara, nem no Senado, e graças a isso já sofreu e continuará sendo vitimado por inúmeras derrotas. Seus militares usam pijama, isto é, são da reserva, não comandam tropas. Ainda se comandassem, as Forças Armadas não são um bloco monolítico a favor de regimes autoritários. Há grandes divisões entre as armas, e dentro do próprio exército.

Publicidade

Quem olhar friamente nossa conjuntura política, nossas instituições e o que os políticos vêm fazendo, vai acabar entendendo que Bolsonaro é muita espuma, e nenhuma água. É importante, sem dúvida, estar vigilante. Mas não se deve cair na histeria infundada, no vira-latismo. O Brasil não é uma república de bananas, mas sim uma democracia sólida e nossa sociedade prefere viver exercendo todas as suas liberdades. Bolsonaro é um anão político diante de nossas instituições.

Publicidade