Clique e assine a partir de 9,90/mês
Alberto Carlos Almeida Por Alberto Carlos Almeida Opinião política baseada em fatos

Bolsonaro sem sobriedade

O Brasil não merecia um humorista na presidência

Por Alberto Carlos Almeida - Atualizado em 5 mar 2020, 23h00 - Publicado em 5 mar 2020, 16h31

A política é uma atividade sóbria porque ela lida com a vida e o bem-estar de outras pessoas. Muitas decisões de políticas públicas podem afetar milhões. Bolsonaro ignora isso completamente.

Ao colocar um humorista para fazer graça no dia da divulgação do crescimento econômico de seu primeiro ano de governo, Bolsonaro mostrou que seu lado pueril é preponderante face à sobriedade exigida pela atividade política. Foi um imenso tiro no pé: o próprio presidente se comportando como uma criança, e mostrando para o país e o mundo que se orgulha disso.

Evidentemente que o sistema político não quer que Bolsonaro seja reeleito. Deputados e senadores jogam xadrez, eles ainda não encontraram a alternativa a Bolsonaro, mas há tempo de sobra para isso. Até lá o governo tende a ter mais dificuldades ainda para aprovar as proposições de seu interesse.

Publicidade