Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Alberto Carlos Almeida Por Alberto Carlos Almeida Opinião política baseada em fatos

Bolsonaro: fala uma coisa, faz outra

Os discursos do presidente mais confundem do que ajudam a entender como ele pretende agir

Por Alberto Carlos Almeida 31 out 2019, 12h24

Quando o assunto é democracia, Bolsonaro fala uma coisa e faz outra. Muitas coisas que ele fala são anti-democrática. Já o seu comportamento é cada vez mais enquadrado pelas instituições.

Ele já colocou políticos à frente de vários órgãos que têm muitos recursos discricionários, dentre os quais o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, com orçamento maior do que R$ 140 bilhões, cujo presidente é ligado ao deputado federal Alexandre Baldy, a Codevasf, dirigida por pessoas indicadas por, dentre outros ACM Neto e o senador Ciro Nogueira, e a rica Funasa.

Isso não é ir contra a democracia: é se adaptar ao velho e bom presidencialismo de coalizão. Bolsonaro também se comunica com o eleitorado visando claramente a eleição de 2022. Ele fala a 30% do eleitorado, que lhe daria os votos suficientes para ir ao segundo turno, quando recorreria ao anti-petismo para vencer. Enfim, há muitas outras evidências de que a prática política de Bolsonaro está cada vez mais de acordo com a democracia, ainda que ele e seus filhos apareçam em público defendendo o oposto. Suas falas mais confundem do que ajudam a entender o que faz.

Publicidade