Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
A Origem dos Bytes Por Filipe Vilicic Crônicas do mundo tecnológico e ultraconectado de hoje. Por Filipe Vilicic, autor de 'O Clube dos Youtubers' e de 'O Clique de 1 Bilhão de Dólares'.

Marqueteiro americano explica a escolha de investir no Brasil em época de crise

Recentemente, soube que o marqueteiro e empreendedor americano Neil Patel, conhecido por criar recursos e estratégias que auxiliam empresas e pessoas a lucrar mais com negócios online, começaria a operar no Brasil — com equipe estabelecida no país. Isso além de ter lançado seu site em português, onde se encontram algumas de suas dicas (confira […]

Por Filipe Vilicic Atualizado em 30 jul 2020, 22h20 - Publicado em 6 jul 2016, 20h30
neilpatel_2

Neil Patel: ele acredita que a crise brasileira criará boas oportunidades de negócios digitais

Recentemente, soube que o marqueteiro e empreendedor americano Neil Patel, conhecido por criar recursos e estratégias que auxiliam empresas e pessoas a lucrar mais com negócios online, começaria a operar no Brasil — com equipe estabelecida no país. Isso além de ter lançado seu site em português, onde se encontram algumas de suas dicas (confira no link).

O que me despertou interesse: por que um estrangeiro escolheu investir no mercado brasileiro bem nesta época de crise? Frente a esta questão, Patel escreveu a resposta abaixo. No texto, ele mostra como é justamente na crise que podem surgir as melhores oportunidades para empreender, ainda mais no ambiente digital.

Confira:

Artigo escrito pelo marqueteiro americano Neil Patel
“Tempos de crise econômica resultam em aumento da inflação e altas taxas de desemprego, deixando difícil para as pessoas se manterem positivas e esperançosas. Perder o emprego pode desestruturar relacionamentos e transformar pessoas felizes em pessimistas. Sem um plano estratégico para melhorar a situação, muitos brasileiros estão se questionando sobre o que devem fazer para sobreviver. A luta é real. Mas há esperança.

Em 2008, a crise também bateu forte lá nos EUA. A economia estava quebrada e o país mergulhou em uma profunda recessão, que há tempos não se via. Empregos eram perdidos em um ritmo absurdo e as pessoas estavam muito preocupadas com o futuro. Depois que o mercado caiu nos EUA, as pessoas viram a esperança renascer. Houve um boom no crescimento de startups de empresas online. Elas surgiram por todo o país como uma sábia alternativa às altas taxas de desemprego e às poucas vagas no mercado de trabalho.

Quando os tempos estão difíceis, assim como as empresas buscam reduzir despesas em uma tentativa de sobrevivência, as pessoas também se tornam mais cautelosas com seus gastos. Por isso, abrir um negócio em períodos de crise pode parecer uma contradição. Mas se deixar o receio de lado, verá que se tornar um empreendedor pode ser exatamente o que precisa para driblar a recessão econômica. Felizmente, nos dias atuais é possível começar um negócio online sem a necessidade de pegar um enorme empréstimo bancário ou de contratar uma equipe de funcionários dedicados.

Continua após a publicidade

Anos atrás, construir um site era uma tarefa apenas para programadores com aprofundada compreensão de códigos e de design. Hoje, você pode criar sua página em plataformas fáceis de se utilizar. Há inclusive modelos bem legais e disponíveis gratuitamente que são perfeitos para empreendedores buscando iniciar um negócio. Usar estratégias de marketing digital combinadas com diferentes plataformas online faz com que seja possível atingir pessoas no mundo todo.

Quando comecei a trabalhar com Timothy Sykes – corretor da bolsa de valores e empresário -, seu site registrava um desempenho super baixo e tinha custo elevado. Implementamos inúmeras estratégias de marketing digital para aumentar as conversões e, assim, a receita do seu negócio. Fomos capazes de crescer o faturamento anual do seu site de 600 000 dólares para 15 milhões, em menos de um ano.

Todas as estratégias implementadas com Timothy são táticas que startups de todo o mundo estão usando como parte de suas campanhas de marketing digital. E a melhor parte sobre isso? Com comprometimento e desejo de estudar, qualquer pessoa pode aprender marketing digital e implementar as mesmas estratégias a custos muito baixos. Enquanto o investimento financeiro não precisa ser grande, um grande investimento de tempo e persistência irá produzir resultados.

Em tempos de crise, como a vivida no Brasil, começar um negócio online é uma ótima alternativa ao fantasma do desemprego. Assim como aconteceu nos EUA de 2008, o Brasil de 2016 também está tendo um grande crescimento de startups.

Empreendedores brasileiros estão vendo que o marketing digital é a resposta quando se trata de crescimento de um negócio e divulgação de uma ideia, seja um produto ou serviço, para atrair potenciais clientes nos mercados nacional e internacional.
O marketing digital pode realmente ajudar a economia a se restabelecer. Eu não estou falando que apenas startups e empreendedores serão beneficiados, pois pequenas e grandes empresas também verão uma mudança significativa após implementarem estratégias digitais inteligentes.

Minhas intenções com a minha vinda para o mercado brasileiro tem a ver com querer ensinar essa tática. Depois de uma experiência incrível no Brasil no ano passado, em que fui palestrante em evento em Belo Horizonte, eu vi o grande potencial desse país e decidi que aqui seria o lugar ideal para estabelecer o primeiro mercado estrangeiro de expansão de minha marca. No curto período em que estive em Belo Horizonte, aprendi que os brasileiros têm um grande espírito empreendedor, com desejo de trabalhar muito.

Deixe que o seu espírito empreendedor o conduza para o sucesso. Deixe a crise de lado e faça dos seus sonhos uma realidade.”

Para acompanhar este blog, siga-me no Twitter, em @FilipeVilicic, e no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade