8 perguntas e respostas sobre sarampo

Doença é altamente transmissível e pode ser evitada por vacina

SAÚDE

O sarampo é uma doença infectocontagiosa grave, que pode ser transmitida pela fala, tosse e espirro. 

O que é?

Os sintomas do sarampo incluem indisposição, febre alta (acima de 38,5 graus), mal-estar, coriza, conjuntivite, tosse, falta de apetite e erupções cutâneas.

Quais os sintomas? 

Otite, pneumonia, laringite e laringotraqueíte. Em casos mais raros, há manifestações neurológicas e doenças cardíacas.

Quais as complicações?

Deixa sequelas?

As complicações do sarampo podem deixar sequelas, especialmente se contraído na infância, incluindo cegueira, surdez, diminuição da capacidade mental e retardo do crescimento.

Como é o tratamento?

Não há tratamento específico. O que se pode fazer é tratar os sintomas com antitérmicos, hidratação oral e higiene adequada.

Como se prevenir?

A única forma é por meio da vacina. O sarampo é uma doença altamente transmissível. Estima-se que alguém com sarampo possa contaminar entre 12 e 18 outras pessoas.

De praxe, a imunização ocorre na infância. Quem não tem certeza se foi vacinado ou se tomou as duas doses, deve se imunizar.

Quem deve se vacinar? 

Aqueles que estão com a vacinação em dia ou quem já teve sarampo, pois já possui os anticorpos para evitar o contágio.

Quem não precisa se vacinar?

veja.abril.com.br/saude/

Confira essa e outras reportagens em