Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Última Edição com Da Redação

O avanço das cotas

Acompanhe as principais notícias da 'Última Edição' de VEJA

access_time 11 ago 2017, 21h14

Para avaliar a política que abre as universidades a negros e pobres, VEJA examinou uma dezena de estudos e pesquisou o desempenho de 300 diplomados – e o resultado é surpreendente.

Veja também
Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Dalton Bittencourt Ferreira

    Se o resultado do estudo for de fato essas conclusões, então fica mais que provado que o sistema de cotas eh irrelevante. Neste caso, ele deve ser extinto.

    Curtir

  2. Todas As Honrarias À Veja E Aos Nossos Agentes Da Lei E Da Ordem…
    Reportagem Bastante Impactante E O Recado Ao Crime Organizado É
    Extremamente Claro E Didático…Que Venham Outras Lições De Veja !!!

    Curtir

  3. A realidade se impõe e o racista chora. O choro é livre!!!!

    Curtir

  4. Reinaldo Favoreto

    no Brasil, se você estudou muito, é capaz e tem qualificação, está fu.. vá pros EUA, pois aqui só “vetema do sestema” tem vez

    Curtir

  5. Ataíde Jorge de Oliveira

    Parabéns,vejA,$EMPR&VEjA 😮
    9’$Fora, +11_TOP : o $PTf.COM
    #ViV@RepuBBLiK_Dä$KöPTAX

    Curtir

  6. Se isso não acabar continuaremos com resultados medíocres na educação. Por que não melhorar as condições de estudo ao invés de facilitar acesso e depois criar milhões de maus profissionais. Vê se na china Coréia, estados unidos tem essa moleza. Pais de vira latas somos e continuaremos sendo.

    Curtir