Mundo Livre com Da Redação

Trump: 11 dias e uma crise política

'Mundo Livre' repercute os primeiros dias do governo de Donald Trump

access_time 31 jan 2017, 18h27

Os jornalistas Diogo Schelp e Vilma Gryzinski discutem sobre as medidas do presidente Republicanos, que nos últimos dias impediu a entrada de imigrantes de sete países.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Vanessa Pereira

    VEJA: 11 dias e ainda chorando a viuvez de Obama.

    Curtir

  2. O jeito de implementar realmente foi bem polêmico.

    Curtir

  3. Elijah Guabiraba

    Ainda tem quatro anos, e possivelmente mais quatro, vão acabar as lagrimas ou ficar desidratada.

    Curtir

  4. Aloisio Barros

    Não dura um ano no poder, essa besta. Vai ter o que merece em breve.

    Curtir

  5. Quem está em “crise” é a esquerda. Trump segue firme em seus propósitos, freiar a agenda esquerdista.

    Curtir

  6. Que bom viver em um país de primeiro mundo. Sobra tempo suficiente para “analisar” as bobagens que os outros países estão fazendo.

    Curtir

  7. Raul Do Real

    Crise segundo a Fake News Veja….

    Curtir

  8. Cyro Ferreira

    A crise política que só existe na mídia globalista…

    Curtir

  9. Maria Aparecida

    É o novo Hitler.
    Hitler perseguiu os judeus. Trump persegue muçulmanos. Se continuar nesta linha vai parar no Tribunal Penal Internacional. Acha que é dono do mundo.

    Curtir