Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Giro VEJA com Da Redação

Justiça manda prender pai que deixou filho na cela de estuprador

Gilmar Francisco Gomes entregou o adolescente de 13 anos para o amigo pedófilo em troca de favores, segundo a polícia. Acompanhe o 'Giro VEJA'

access_time 5 out 2017, 17h44

A Justiça do Piauí decretou a prisão preventiva do pai do menino de 13 anos que foi estuprado ao dormir na cela de um presidiário. Gilmar Francisco Gomes, de 49 anos, é amigo de José Ribamar Pereira Lima, de 52 anos, que cumpre pena de 18 anos por ter estuprado um outro adolescente em 2009.

O menino foi encontrado na cela de Ribamar às duas da manhã do último domingo depois de ter sido levado à detenção pelo pai contra a vontade da mãe do garoto. Segundo a Polícia Civil do Piauí, Gilmar entregou o filho ao amigo em troca de favores.

Nesta quarta, a Justiça já tinha tirado a guarda dos quatro filhos menores do casal, a pedido do Conselho Tutelar.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s