tarja Caso Yoki

Caso Yoki

O empresário Marcos Kitano Matsunaga, de 42 anos, foi vítima de um crime que chamou a atenção de todo o Brasil. Diretor executivo da Yoki, uma gigante do setor de alimentos, ele foi morto e esquartejado pela própria mulher, a bacharel em direto Elize Kitano Matsunaga. O crime ocorreu em 20 de maio. Ao confessar o assassinato, Elize contou à polícia ter retalhado a vítma no quarto de hóspedes da cobertura onde o casal morava na capital paulista. Elize, que conheceu o marido quando trabalhava como garota de programa, alegou ciúme como motivo do crime, pois tinha descoberto que o marido a estava traindo com outra prostituta

A viúva Elize Matsunaga chega ao DHPP, em São Paulo

Inquérito do caso Yoki chega ao Ministério Público

Caso será julgado no Fórum da Barra Funda. O promotor de Justiça José Carlos Cosenzo, do 5º Tribunal do Juri, foi designado para a acusação. Ele tem cinco dias para oferecer denúncia ou solicitar novas diligências

 

Últimas notícias de Caso Yoki

 

 
 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados