Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Talibã tem nome trocado em nova versão do Medal of Honor

Na última semana, a produtora de jogos Electronic Arts (EA) decidiu atender aos pedidos de diversos familiares de soldados americanos e retirou a milícia Talibã do seu título Medal of Honor. O grupo radical afegão teve seu nome alterado para Força de Oposição (Oposing Force) para evitar protestos e garantir a venda do jogo nos Estados Unidos.

“Recebemos muitas mensagens de amigos e parentes de soldados mortos em conflitos. Eles ficaram preocupados com o fato de outros jogadores poderem atuar como talibãs durante competições on-line”, informou a empresa em um comunicado oficial.

Recentemente, a EA foi alvo de críticas ao anunciar que o novo título da série traria um modo multiplayer com essa opção. Bases militares ao redor dos EUA afirmaram que não permitiram a entrada do jogo em suas listas de material de entretenimento para as tropas.

“Ao longo dos anos, Medal of Honor sempre reverenciou o exército dos Estado Unidos e os Aliados, por isso tomamos a decisão de fazer essa alteração”, afirma Greg Goodrich, produtor executivo responsável pela série. A empresa ressalta que a mudança não deve afetar a mecânica do jogo.