Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sony adia volta da PlayStation Network

Rede de jogos on-line não tem prazo para retornar ao normal

A Sony anunciou, neste domingo, que não tem previsão de quando a rede Playstation Network (PSN), desenvolvida para o console Playstation 3, deve voltar a funcionar normalmente. A empresa já havia dado sinais de que estava testando as atualizações de segurança, mas decidiu voltar atrás sem fornecer um motivo específico. Em um mês, a companhia sofreu dois ataques, que chegaram a expor dados de mais de 100 milhões de usuários.

O comunicado também apontou a retirada de nomes e de endereços de 2.500 jogadores que tiveram seus dados furtados e publicados em um website. As informações eram de clientes que entraram em uma competição de prêmios em 2001. A lista não incluía informações de cartões de crédito ou senhas. “O website estava desatualizado e inativo quando foi descoberto como parte dos ataques à Sony”, afirmou a empresa, acrescentando que a companhia tirou a página do ar pouco depois de descobrir as postagens, na quinta-feira.

O chefe-executivo da Sony, Howard Stringer, pediu desculpas aos usuários da PlayStation Network e de outros serviços on-line, quebrando seu silêncio sobre o grande vazamento de dados ocorrido.

Leia mais:

No Brasil, indenização a vítimas de furto de dados não é garantida

Invasão de redes da Sony expõe calcanhar de Aquiles do e-commerce

Sony vai cobrir danos por roubo de dados até US$ 1 milhão

(Com agência Reuters)