Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Senhor Xbox’ troca Microsoft pela Zynga

Executivo Don Mattrick trabalhará em conjunto com Mark Pincus para alavancar companhia de jogos sociais nos smartphones e tablets

Don Mattrick, presidente da divisão de negócios e entretenimento interativo da Microsoft, vai deixar a empresa para substituir Mark Pincus, CEO da Zynga. A informação, publicada pelo periódico econômico The Wall Street Journal, foi confirmada pela companhia de jogos sociais de São Francisco.

Leia também:

Microsoft volta atrás e libera jogos usados no Xbox One

Mattrick, responsável pela divisão Xbox, uma das mais importantes da Microsoft, esteve presente na E3, a maior feira de games do mundo, realizada em junho em Los Angeles. Foi o executivo quem mostrou ao mundo, em maio, o Xbox One, sucessor do modelo atual, o 360.

Pincus, fundador da Zynga, continuará no comando da companhia e trabalhará em parceria com Mattrick. O grande objetivo do executivo na empresa será estabelecer o catálogo de jogos da Zynga nos smartphones e tablets e repetir nas plataformas móveis o sucesso que games como FarmVille fizeram no Facebook.

Recentemente, o nome de Mattrick também foi cotado para dirigir a Electronic Arts, outra desenvolvedora de games que vem encontrando dificuldades em ganhar espaço no mercado móvel. Em março, John Riccitiello, CEO da EA, renunciou ao cargo depois de não atingir as metas da companhia.

Esse é um movimento importante para a Zynga, especula o mercado. Desde seu IPO (oferta pública de papéis), em 2011, as ações da empresa caíram 68%. Aparentemente, a mudança nada tem a ver com a reestruturação que o CEO Steve Ballmer vem fazendo na Microsoft.

Ainda não se sabe quem substituirá Mattrick, que desde 2007 faz parte da equipe da multinacional. Com uma vasta experiência no setor de games, o executivo já passou pela Distinctive Software, fundada por ele aos 17 anos, e pela Electronic Arts. Desde que assumiu a divisão Xbox, elevou a base de consoles de 10 milhões para 80 milhões e aumentou de 6 milhões para 50 milhões o número de membros da Xbox Live, a rede on-line do videogame.