Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Robô japonês promete garantir ‘super força’ para idosos

A tecnologia promete facilitar a vida dos idosos e para isso cientistas têm apostado em mecanismos inéditos. Esse é o caso, por exemplo, de um grupo de pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, que desenvolveu um robô capaz aumentar a força das pernas e braços de pessoas de mais idade, que geralmente têm dificuldade em se locomover ou levantar objetos.

O equipamento, produzido em metal e plástico, funciona como uma espécie de esqueleto de apoio. O robô japonês possui oito motores elétricos e sensores capazes de detectar movimentos e responder a comandos por meio da função de reconhecimento de voz.

O projeto, liderado pelo professor Shigeki Toyama e desenvolvido por uma equipe de 15 especialistas, demorou 15 anos para ficar pronto. O primeiro protótipo futurista foi produzido no final de 2009.

“Caso um agricultor idoso necessite se inclinar para pegar um rabanete, o robô permitirá que suas costas fiquem firmemente apoiadas em uma estrutura específica”, explicou Gohei Yamamoto, um dos estudantes que fazem parte do grupo de pesquisa. “Um comando de voz acionará o sistema automaticamente e as hastes passarão a apoiar as pernas, de modo que o idoso seja capaz de exercer uma função sem qualquer esforço”, ressaltou.

Segundo os inventores, o robô pode diminuir em até 62% os esforços físicos realizados por uma pessoa.

Oriente – O aparelho pode ser muito útil no Japão, onde a taxa de natalidade é baixa e o número de pessoas idosas tende a crescer nos próximos anos. Atualmente algumas unidades do robô já estão sendo utilizadas em hospitais e casas de repousos, onde auxiliam médicos e enfermeiras em processos de reabilitação de pacientes.

O Power Assist Suit, como foi batizado, custa quase 20.000 reais, entretanto a expectativa do mercado é que o valor da máquina seja reduzido nos próximos anos. Ainda não existem planos de lançar o robô no ocidente.