Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Relógio inteligente da Apple pode ficar para 2015

Segundo jornal taiwanês, produção do gadget começa no fim deste ano

O lançamento do relógio inteligente da Apple pode ficar para 2015. De acordo com o jornal taiwanês UDN, executivos da fabricante TPK, uma das principais fornecedoras de componentes da Apple, fizeram uma revisão em suas previsões de faturamento, indicado agora um pico no quarto trimestre. Isso indicaria que a produção do iWatch ou iTime, como a Apple pode ter batizado o gadget, deve começar no fim do ano e sua chegada às lojas só seria possível no ano que vem. A Apple não confirma as notícias, mas o vazamento de informações relativas à companhia americana por fornecedores asiáticos tem de fato antecipado detalhes dos lançamentos da marca.

Leia também:

Apple pode lançar múltiplas versões do iWatch

Cinco propostas de design para o iWatch, futuro relógio inteligente da Apple

Conheça 10 apps para relógios inteligentes com Android

De acordo com o jornal, a TPK é a empresa escolhida pela Apple para produzir os módulos sensíveis ao toque que deverão ser utilizados sob a tela curva do seu relógio inteligente. A empresa seria a única a utilizar uma tecnologia que dispensa sensores adicionais. Isso pode dar uma vantagem competitiva à Apple, já que a empresa seria capaz de oferecer um produto significativamente mais fino que os concorrentes.

O atraso na produção do iWatch, ou iTime, já havia sido previsto anteriormente por Ming-Chi Kuo, analista da consultoria KGI Securities, de Taiwan. No início de julho, o analista, que costuma antecipar informações sobre novos produtos da marca, afirmou que a fabricação do relógio seria iniciada apenas em novembro. Previsões anteriores indicavam que o gadget já estaria em produção desde o início de julho.