Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Motorola apresenta celular mais fino do mercado

Smartphone roda Android 2.3 e chega às lojas no próximo dia 16

A Motorola apresentou na noite desta quinta-feira o mais fino do mercado brasileiro: o RAZR. O aparelho chega às lojas do país no próximo dia 16 por 1.999 reais.

O novo modelo é uma sucessão do V3, um dos celulares da Motorola que mais vendeu em todo mundo – algo em torno de 150 milhões de unidades.

O celular tem 7,1 milímetros de espessura, tela super AMOLED de 4,3 polegadas, 1GB de memória RAM, processador dual-core de 1,2 GHz e roda Android 2.3.5. O celular possui ainda um aplicativo chamado MotoCast, através do qual os usuários poderão fazer streaming ou download de músicas e arquivos armazenados em um computador.

O novo modelo possui duas câmeras: uma frontal, para a realização de videoconferências, e uma na parte de trás de oito megapixels e captação de alta definição de 1080 pontos.

A tecnologia utilizada no corpo do aparelho também promete mais durabilidade ao dispositivo. Desenvolvido com fibra de kevlar, um material utilizado em coletes à prova de bala e construções aeronáuticas, o celular da Motorola é resistente a respingos e a riscos superficiais.

O sistema também possui um aplicativo, o Smart Actions, que automatiza tarefas do dia a dia como diminuir a campainha de acordo com o ambiente, alterar configurações de GPS, Wi-Fi e Bluetooth quando o usuário estiver em casa, a fim de economizar bateria, e enviar um SMS personalizado quando uma ligação for perdida.

Android – A novidade vem equipada com a versão 2.3 do sistema operacional do Google, mas a companhia informa que a atualização para o Ice Cream Sandwich, ou Android 4.0, vai ocorrer no ano que vem.

De acordo com Edson Bortolli, diretor de produtos da Motorola Mobility Brasil, a demora no update ocorre por conta da personalização que a companhia faz no sistema operacional. O executivo ainda afirmou que todos os aparelhos serão produzidos no Brasil, na fábrica da companhia em Jaguariúna, interior de São Paulo.