iPhone impulsiona receita da Apple no quarto trimestre

Venda do smartphone cresce, enquanto Apple enfrenta quedas consecutivas na venda de iPads e iPods

A Apple anunciou, na noite desta segunda-feira, um novo recorde no quarto trimestre de seu ano fiscal. A empresa de Cupertino alcançou receita de 42,1 bilhões de dólares, um crescimento de 12% em relação ao mesmo período do ano passado. A chegada do iPhone 6 e do 6 Plus, novos modelos do smartphone da marca, foi a principal responsável pelo resultado: a venda dos produtos ajudou a empresa a superar a marca de 39 milhões de unidades vendidas, um crescimento de 16% em relação ao quarto trimestre do ano passado.

Leia também:

Apple é cada vez mais iPhone. Isso é um problema?

Apple apresenta iPad Air 2, mais fino e na cor dourada

O desempenho do iPhone no quarto trimestre ajudou a Apple a superar as estimativas dos analistas de Wall Street. A expectativa no mercado era de que a receita da Apple chegasse a 39,9 bilhões de dólares no período. Para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2015, que inclui o período de compras anterior ao Natal, a companhia prevê que vai alcançar receita entre 63,5 e 66,5 bilhões.

No sentido contrário do iPhone, porém, as vendas do iPad caíram pelo terceiro trimestre seguido. Segundo a Apple, 12,3 milhões de unidades foram vendidas, uma queda de 7% em relação ao trimestre anterior e de 13%, se comparado com o número de tablets vendidos pela empresa no quarto trimestre do ano passado. A expectativa é que a Apple consiga reverter o quadro com a chegada dos novos modelos do tablet, o iPad Air 2 e o iPad Mini 3, às lojas.

Outro fator que pode ajudar a empresa é uma aliança com a IBM, que pretende levar mais iPads para o mercado corporativo. Segundo Luca Maestri, vice-presidente financeiro da Apple, as duas empresas já fecharam contratos com 50 clientes e pretendem mostrar seus primeiros aplicativos desenvolvidos para uso em empresas no mês de novembro. “O nível de interesse do mundo corporativo tem sido incrível”, disse o executivo, durante a conferência de resultados.

Na área de computadores, a Apple registrou um crescimento de 21% nas vendas desde o quatro trimestre do ano passado. No total, 5,5 milhões de unidades do Mac foram vendidas no quarto trimestre. O iPod, tocador de músicas da Apple, é o produto que apresentou o pior resultado no período, com apenas 2,6 milhões de unidades vendidas. A queda nas vendas foi de 24% em relação ao quarto trimestre de 2014.