iPhone 6 vai custar no mínimo R$ 3.200 no Brasil

Na versão Plus, o smartphone da Apple pode sair por até R$ 4.400

A Apple finalmente divulgou os preços do iPhone 6 e 6 Plus no Brasil, cuja pré-venda começa na próxima sexta-feira, dia 14. Segundo o site oficial da fabricante, o valor cobrado pelo novo smatphone será de no mínimo 3.199 reais, correspondente à versão com tela de 4,7 polegadas e memória de 16 GB. Já o iPhone 6 Plus, com tela de 5,5 polegadas, sai por no mínimo 3.599 reais – o modelo com 128 GB de memória, porém, chega a custar 4.399 reais.

Leia também:

iPhone 6 e 6 Plus chegam ao Brasil em 14 de novembro

iPhone impulsiona receita da Apple no quarto trimestre

Comparação: novos iPhones saem na frente do Galaxy

Para adquirir o iPhone 6 e 6 Plus, os interessados devem comprar o aparelho na pré-venda, que começa nesta sexta, dia 7, no site da Apple. Não há ainda, entretanto, previsão da empresa para entrega aos consumidores.

Em suas duas novas versões, anunciadas no início de setembro, o iPhone ganhou telas maiores (4,7 e 5,5 polegadas). O aparelho chegou às lojas dos Estados Unidos em 19 de setembro, com preço a partir de 199 dólares. A Apple já lançou os novos produtos em diversos países, incluindo a China. Por lá, mais de 20 milhões de unidades dos smartphones foram vendidas durante o período de pré-venda.

A Apple considera o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus os smartphones de maior sucesso da história da empresa. A empresa de Cupertino vendeu mais de 4 milhões de unidades dos produtos nas primeiras 24 horas de pré-venda. Somente no primeiro final de semana após a chegada do produto às lojas, mais de 10 milhões de iPhones foram vendidos nos Estados Unidos. No total, a empresa vendeu 39 milhões de iPhones no último trimestre, de acordo com balanço da companhia divulgado no final de outubro.

Além das telas maiores, os iPhones ganharam novo design e ficaram mais finos. A espessura gerou polêmica quando alguns usuários reclamaram que o smartphone poderia entortar quando guardado no bolso. A Apple respondeu às críticas afirmando que apenas nove consumidores relataram oficialmente o problema. O iPhone 6 e 6 Plus também ganharam bateria com maior duração e chip NFC, que pode transformar o celular em um cartão de crédito. Confira os principais recursos do iPhone 6 e 6 Plus na lista abaixo: