Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Instagram e Facebook lançam mais um rival para Snapchat

Bolt permite trocar fotos e vídeos de forma instantânea pelo smartphone

O Instagram apresentou na noite desta terça-feira o aplicativo Bolt, sua alternativa ao Snapchat. O app para iPhone e Android permite enviar fotos e vídeos de até seis segundos para os amigos. O conteúdo desaparece após 30 dias – ou antes, se o usuário decidir apagá-lo manualmente. Para enviar imagens, é preciso selecionar a foto de um dos amigos exibidos na tela: um toque rápido fotografa a cena enquanto um toque prolongado grava um vídeo. Ao afastar os dedos da tela, o conteúdo é enviado automaticamente.

Leia também:

Para encarar Snapchat, Facebook lança Slingshot

No Brasil, CEO do Snapchat estuda o mercado e experimenta caipiroska

Por enquanto, o Bolt só está disponível na África do Sul, Nova Zelândia e Singapura e não há previsão de lançamento em outros países. O app não foi integrado ao Instagram, nem ao Facebook. Assim como no WhatsApp, o usuário encontra os contatos que já instalaram o programa no smartphone. É possível adicionar até 20 pessoas em uma lista favoritos para tornar o envio de fotos e vídeos mais rápido. Não é possível enviar imagens para vários amigos de uma só vez.

O app oferece alguns recursos básicos do app de câmera, como alternar entre a câmera traseira e frontal e acionar o flash, mas não há ferramentas de edição das imagens. As fotos e vídeos de autoria do usuário podem ser armazenados no smartphone, desde que ele chacoalhe o celular. O movimento também permite cancelar a solicitação, caso a pessoa envie um conteúdo por engano para um amigo.

O usuário recebe uma notificação quando seus amigos lhe enviam fotos e vídeos pelo Bolt. É possível responder com outro conteúdo registrado na hora, mas também com uma mensagem de texto – o recurso não permite iniciar uma “conversa”. Para apagar imagens recebidas no Bolt, basta arrastar a imagem para a lateral da tela, no gesto conhecido como swipe. O smartphone não pode armazenar fotos e vídeos recebidos pelo app, mas é possível tirar uma cópia da tela.

O Bolt marca a segunda tentativa do Facebook em criar um concorrente à altura do Snapchat, aplicativo que permite compartilhar fotos e vídeos que desaparecem em segundos. No ano passado, a rede social mais popular do mundo fez uma proposta para comprar o Snapchat por 3 bilhões de dólares, que foi recusada por Evan Spiegel, fundador do Snapchat. O app é popular particularmente entre os adolescentes, público que o Facebook tenta atrair para que a rede social sustente seu crescimento de usuários nos próximos anos.

O primeiro movimento do Facebook para tentar concorrer com o Snapchat aconteceu na metade de junho deste ano, quando a companhia fundada por Mark Zuckerberg lançou o app Slingshot, que permite compartilhar fotos e vídeos com duração de até 15 segundos com os amigos. As imagens só podem ser vistas quando o amigo responde a mensagem com outra foto ou vídeo. O programa apaga as imagens em segundos após a visualização.