Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empresa que criou ‘Angry Birds’ não entrará na Bolsa neste ano

Empresa foi avaliada em sete bilhões de euros, mas executivo diz que quantia é "especulação"

A empresa finlandesa Rovio, criadora do jogo ‘Angry Birds’, um sucesso mundial, não entrará na Bolsa antes do segundo semestre de 2013, informou seu diretor financeiro Mikko Setälä, em uma entrevista ao jornal sueco Dagens Industri.

“Preparamos uma entrada na Bolsa para 2013. Mas os acionistas não adotaram as decisões para saber quando acontecerá, nem se acontecerá”, disse Setälä.

“Se entrarmos na Bolsa, talvez aconteça no segundo semestre do ano que vem. Não temos nenhuma necessidade de levantar mais dinheiro de maneira imediata”, completou.

A Rovio, fundada em 2003 e consagrada por mais de um bilhão de downloads das diferentes versões de ‘Angry Birds’, revelou um projeto de eventual entrada na Bolsa em 2011, que mencionava Nova York e Hong Kong.

A expectativa aumentou depois da publicação dos impressionantes resultados de 2011, ano no qual a Rovio registrou um lucro líquido (antes de impostos) de 48 milhões de euros, para um volume de negócio de 75,4 milhões de euros.

Analistas financeiros fizeram então avaliações astronômicas, de bilhões de euros.

Ao ser questionado sobre uma avaliação de sete bilhões de euros, Setälä chamou a quantia de “especulação”.

Os principais proprietários são os três fundadores da Rovio, o pai de um deles, que hipotecou a casa para manter o fluxo da empresa, e diversos fundos de capital de risco, que investiram 42 milhões de dólares em 2011, incluindo o grupo do fundador do Skype, Niklas Zennström.