Comunicação e empreendedorismo em debate na era da empatia

Evento em São Paulo promove discussões e atividades para refletir sobre o poder da convivência

As redes sociais ajudaram a conectar pessoas no mundo todo, mas também potencializaram um desafio antigo: conviver.

O exercício da empatia — compreender e se colocar no lugar do outro —  será o ponto de partida da segunda edição do Teia GNT, evento que promove uma série de encontros e debates nesta quinta-feira no complexo cultural Tomie Ohtake, na zona oeste de São Paulo.

 

 

 

 

Entre os convidados, estão o americano Dex Torricke-Barton —voz influente da comunicação global, já foi responsável por escrever os discursos de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook — e Mara Mourão, diretora de documentários com foco em empreendedorismo social, como “Doutores da Alegria” e “Quem se Importa”. 

Segundo Mariana Novaes, gerente de marketing do GNT, a proposta foi abraçar temas que dialoguem com a sociedade como um todo para gerar reflexão dentro de um mundo em constante mudança.

 

O Teia apresenta ainda uma versão pocket do Museu da Empatia, de Londres. Na instalação “Caminhando em seus sapatos”, o visitante calça um par de sapatos e caminha pelo espaço com fones de ouvindo, conhecendo a história do dono daqueles sapatos.

O evento acontece das 10h30 às 20h, e a entrada é gratuita. Haverá transmissão no YouTube. A curadoria do conteúdo e direção dos painéis é uma parceria do GNT com a Asas International Collective of Storydoers.