Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cientista é ‘infectado’ com vírus de computador

O cientista britânico Mark Gasson é o primeiro ser humano a ter sido “infectado” com um vírus de computador. Em entrevista à BBC, ele explicou que colocou o vírus em um chip eletrônico e, depois disso, introduziu o chip em sua mão. O vírus no chip implantado, contudo, não afeta a saúde do cientista, mas tem o poder de infectar outros dispositivos eletrônicos.

Gasson, que é engenheiro de sistemas da Universidade de Reading, Inglaterra, disse que o dispositivo foi programado com um vírus que poderia ser transferido para outros sistemas eletrônicos com os quais ele tenha contato. Qualquer outro chip que interagisse com os sistemas infectados também contrairia o vírus.

O cientista avalia que, para o homem, o experimento, por enquanto, não tem impacto direto. Mas, se o implante de chip infectado pode deixar sistemas eletrônicos vulneráveis a ataques, há riscos para dispositivos médicos, como o marcapasso.

Contudo, ele acredita que, se o desenvolvimento científico encontrar formas de melhorar as capacidades do homem, como aumentar a inteligência ou a memória, a tecnologia invasiva poderá ganhar popularidade.

Tecnologia – O chip de Gasson é uma versão melhorada dos que são usados para rastrear animais e foi programado para abrir portas com código de segurança e destravar seu celular automaticamente. De acordo com o cientista, essa tecnologia passou a ser comercializada nos EUA, inicialmente, como um tipo de bracelete de alerta médico, que poderia revelar seu histórico médico, caso o usuário fosse encontrado inconsciente.