Brastemp vai lançar máquina com cápsulas para preparar vários tipos de bebida

No rastro do sucesso da Nespresso, B.blend chega às lojas até o fim do ano. É possível fazer chás, cafés, refrigerantes e energéticos, entre outras opções

A Brastemp apresentou nesta terça-feira a B.blend, eletrodoméstico que usa cápsulas (nos moldes da cafeteira Nespresso) para preparar vários tipos de bebidas. O equipamento chega às lojas até o fim do ano. O preço não foi revelado pela empresa.

Leia também:

Heineken lança máquina para fabricar chope caseiro

Assim que a máquina chegar ao mercado, haverá cápsulas para preparar chás, energéticos, refrigerantes, cafés e sucos naturais – são 24 tipos, por ora. A B.blend vai oferecer ainda opções de água em temperatura ambiente, quente, gelada e com gás.

A Brastemp continua negociando com outras empresas a produção de mais opções de bebidas e não descarta a possibilidade de montar uma fábrica para desenvolver novos itens. Segundo a empresa, a máquina é a primeira solução do mercado que atua em todos os segmentos de bebidas.

A venda das cápsulas será feita pela internet ou telefone: os consumidores poderão recorrer a um call center para fazer pedidos dos produtos, que serão entregues em domicílio no dia seguinte. Em setembro, funcionários e assinantes do serviço de filtro de água por aluguel da companhia começam a testar a B.blend. Até dezembro, os interessados poderão adquirir o equipamento em lojas de eletrodomésticos.

Renata Honorato

Renata Honorato (VEJA)

O anúncio é estratégico para a Brastemp, que busca repetir o mesmo sucesso da Nespresso – que promoveu uma grande transformação no segmento de cafés com a popularização das cápsulas. Ainda de acordo com a companhia, o mercado de bebidas não alcoólicas no Brasil movimenta mais de 30 bilhões de dólares ao ano: é em um pedacinho desse nicho que a Brastemp quer controlar a partir de 2015.

A B.blend foi desenvolvida a partir da aplicação de treze patentes registradas em nome da Brastemp, além de outras três que pertencem a um parceiro europeu. A fabricação é feita na cidade de Joinville, em Santa Catarina.