Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sorrir é mesmo o melhor remédio, aponta estudo

Sorrir faz bem à saúde. É o que aponta um estudo da Universidade Wayne, em Michigan, nos Estados Unidos. De acordo com os pesquisadores, quanto mais largo o sorriso de uma pessoa, maior a sua expectativa de vida.

O estudo baseou-se na análise de 230 imagens de jogadores da Liga de Baseball americana de 1952. Cada figura foi listada com informações pessoais dos esportistas, considerando idade, peso, altura e estado civil. Em seguida, as expressões faciais das fotografias receberam classificação de acordo com seus sorrisos e linhas de expressão.

Os dados foram, então, cruzados e os resultados indicaram que os jogadores que “sem sorriso” viveram em média 72,9 anos, enquanto os que apresentaram “sorriso parcial” chegaram aos 75. Já os mais sorridentes atingiram quase uma década a mais, no geral 79.9 anos.

A pesquisa ainda ressaltou que os sorrisos falsos e “amarelos” não puderam ser considerados. Apenas os que demonstraram genuína felicidade atingiram uma maior expectativa de vida.