Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câncer de pâncreas: os sintomas que podem passar despercebidos

Um em cada três adultos com a doença ignoraram sinais, como perda de peso e cansaço

Dores no abdômen e nas costas, indigestão, perda de peso e cansaço podem ser comuns e parecer inofensivos à primeira vista, mas em alguns casos podem indicar um problema grave: o câncer de pâncreas. Esses sintomas podem demorar a surgir, dificultando o diagnóstico precoce e, consequentemente, seu tratamento.

De acordo com informações da BBC, um em cada três adultos com o câncer de pâncreas acabam ignorando esses sinais. Isso é preocupante pois quando o câncer é diagnosticado tardiamente as opções de tratamento são reduzidas. Ainda, segundo pesquisas da ONG britânica Pancreatic Cancer UK, uma em cada dez pessoas sobrevive mais do que cinco anos – e poucas, entre a população geral, têm conhecimento dos sintomas da doença.

Veja também

Atenção aos sinais

“Eu tive muita sorte que o meu tumor pôde ser retirado na operação e que não tinha se espalhado ainda, pelo menos até onde se sabe”, disse a BBC Nikki Davies, paciente britânica que foi diagnosticada com o câncer de pâncreas aos 51 anos.

Ela começou a suspeitar que algo estava errado quando passou a sentir dores muito fortes no estômago, o que foi essencial para a detecção precoce do câncer. “Minha dica para as outras pessoas é que ninguém conhece melhor seu corpo do que você mesmo. Então fique atento aos sinais e fale com seu médico se notar qualquer coisa que não seja normal para você”, recomendou Nikki.

“Acredito que, no fundo, você sabe quando há algo errado. No meu caso, foi a dor. Sentia dor nas costas também, entre os ombros. E perdi muito peso bem rápido. Eu não sabia nada sobre câncer de pâncreas antes do meu diagnóstico e certamente não sabia nada sobre os sintomas.”

Importância do diagnóstico

A intenção das pesquisas não é causar pânico, mas alertar a população sobre os sinais do câncer. “A maioria das pessoas que apresenta algum desses sintomas não tem câncer de pâncreas. Mas é essencial que elas saibam mais sobre a doença e que falem com seu médico se tiverem alguma preocupação”, disse Alex Ford, chefe da Pancreatic Cancer, do Reino Unido. “Quanto antes as pessoas forem diagnosticadas, mais elas têm chances de fazer a cirurgia, que é o tratamento mais eficiente.”

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns do câncer de pâncreas são dores no estômago e nas costas, perda de apetite e perda da peso sem explicação aparente, indigestão, mudança nos hábitos intestinais, cansaço e anemia. Além disso, o portador do câncer pode apresentar icterícia (pele ou olhos amarelados), dificuldade para engolir e diagnóstico recente de diabetes tipo 2.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pâncreas representa 2% dos casos gerais e 4% das mortes por câncer no país. No entanto, ele é mais comum em pessoas acima de 60 anos, com maior incidência entre homens.