Senegal confirma primeiro caso de ebola

Esse é o quinto país afetado pela maior atual epidemia. Diagnóstico da doença foi feito em estudante da Guiné que viajou à capital senegalesa

O Ministério da Saúde de Senegal confirmou nesta sexta-feira o primeiro caso de ebola em seu território, aumentando para cinco o número de países afetados pela maior epidemia da doença da história. Até então, o surto havia se concentrado em Serra Leoa, Guiné, Libéria e Nigéria.

Leia também:

OMS: ebola pode infectar 20.000 pessoas em nove meses

Laboratório vai testar vacina contra ebola em humanos

Segundo a ministra da Saúde, Awa Marie Coll Seck, a doença foi detectada em um jovem estudante da Guiné que viajou de seu país a Senegal. Autoridades da Guiné informaram que ele estava em observação por ter entrado em contato com pacientes infectados pelo ebola, mas havia desaparecido há três semanas.

O estudante apareceu nesta terça-feira em um hospital da capital senegalesa, Dakar, mas não informou que havia tido contato com pessoas contaminadas em seu país de origem. Exames médicos, porém, confirmaram que ele havia contraído a doença.

Até esta quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) havia registrado 3 069 casos de ebola e 1 552 mortes pela doença na Nigéria, Lbéria, Guiné e Serra Leoa.

(Com Reuters)