Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Miopia é mais comum entre os filhos mais velhos

Um novo estudo sugere que o problema da visão está relacionado ao fato de os pais protegerem mais o primeiro filho, fazendo com que ele permaneça por longos períodos em contato com livros e instrumentos eletrônicos

Os primogênitos têm um risco 10% maior de serem míopes em comparação aos irmãos. Entre os casos da doença, 20% podem ser considerados graves. É o que diz um estudo publicado quinta-feira, no periódico científico JAMA Ophthalmology.

De acordo com os pesquisadores, da Universidade de Cardiff, na Grã-Bretanha, uma das suposições é o excesso de ansiedade dos pais, que faz o primogênito ficar por um tempo exagerado dentro de casa, debruçado sobre livros e aparelhos eletrônicos. O hábito que pode impactar na visão.

Para o trabalho, foram analisados cerca de 90.000 pessoas. Os estudiosos cruzaram diversas informações dos voluntários, como dados demográficos, comportamental (por exemplo, tempo gasto ao ar livre), histórico educacional e oftalmológico. Os resultados mostraram que aqueles que nasceram primeiro eram mais propensos a sofrer de problemas oculares.

Leia também:

Segundo filho: como atenuar o ciúme do primogênito

Irmãos mais velhos têm maior risco de obesidade

Segundo os autores, os casais constumam ter um instinto de proteção exagerada sobre o filho mais velho, fazendo com que ele fique muito tempo em casa. Há ainda o uso de iPads e celulares, istrumentos que exigem da visão sobremaneira. Afora, claro, os fatores genéticos que contribuem – e muito — para o desenvolvimento da miopia.

Um estudo publicado em abril já havia mostrado que a taxa de miopia havia dobrado na Grã-Bretanha, nos últimos 50 anos. Os autores da Universidade Ulster haviam associado este fato à redução de tempo gasto pelas crianças em atividades ao ar livre.

(Da redação)