Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Farmacêutica vai produzir lentes de contato inteligentes do Google

Dispositivos têm duas finalidades médicas diferentes: ajudar no controle da taxa de glicose em diabéticos e restaurar a visão de pessoas com vista cansada

A Novartis anunciou nesta terça-feira que concluiu um acordo com o Google para produzir lentes de contato inteligentes com fins médicos desenvolvidas pelo grupo americano. A tecnologia foi criadoa para ajudar o diabético a controlar a taxa de glicose pela lágrima e para restaurar a visão de pessoas com presbiopia, ou vista cansada, que é a perda progressiva da capacidade de focalizar objetos.

“Estamos ansiosos para trabalhar com o Google e combinar a tecnologia avançada deles com nosso amplo conhecimentos em biologia para responder a necessidades médicas não supridas”, disse, em comunicado, Joseph Jiménez, diretor geral da Novartis. As lentes deverão ser produzidas pela Alcon, filial do laboratório dedicada à oftalmologia.

Leia também:

Saiba o que há por dentro do Google Glass

As lentes de contato do Google desenvolvidas para auxiliar pessoas diabéticas contêm um pequeno sensor capaz de detectar a glicose nas lágrimas a cada segundo, além de um chip que recebe e transmite via wireless as informações. A ideia é que elas substituam a necessidade de agulhadas nos dedos para que essa taxa seja medida em uma gota de sangue. Em janeiro deste ano, o Google anunciou que os testes clínicos do método já estavam em andamento.

Já as lentes destinadas auxiliar pessoas com presbiopia exercem uma função semelhante à do foco automático de uma câmera fotográfica, uma vez que restaura a capacidade de o olho do paciente focalizar e enxergar objetos de perto com nitidez.

Os detalhes financeiros do acordo entre a farmacêutica e o Google não foram divulgados.

(Com agência Reuters)