Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA aprovam tratamento portátil contra overdose

Dispositivo libera medicamento e pode ser usado por familiares ou outras pessoas próximas ao paciente antes do atendimento médico

A agência americana que regula medicamentos e alimentos, a Food and Drug Administration (FDA), aprovou nesta quinta-feira um tratamento contra overdose que pode ser aplicado fora dos hospitais. A terapia consiste em um dispositivo portátil que injeta um medicamento capaz de reverter os efeitos da dose excessiva de alguma droga. A ideia é que familiares ou outras pessoas próximas ao paciente possam ajudá-lo o mais rápido possível, elevando suas chances de sobrevivência. O dispositivo não está disponível no Brasil.

Chamado Evzio, o dispositivo libera uma dose única de naloxona, remédio que já é utilizado nos hospitais em pacientes que sofreram overdose, caracterizada por dificuldades em respirar, redução dos batimentos cardíacos ou perda de consciência. Uma vez ligado, uma gravação de voz dá instruções sobre como usar o dispositivo e aplicar a medicação no indivíduo.

Leia também:

Mortes por overdose de analgésicos triplicam em 10 anos nos EUA

Em nota, a agência americana explica que o dispositivo deve ser prescrito por um médico e usado em caso de emergência por familiares ou profissionais que cuidam de uma pessoa conhecidas por – ou suspeita de – usar drogas derivadas do ópio, como a heroína. O tratamento, no entanto, não elimina a necessidade de o individuo que sofreu overdose passar por atendimento médico.

“O Evzio é o primeiro dispositivo médico feito para fornecer uma dose de naloxona que deve ser administrada fora de um estabelecimento de saúde. Disponibilizar esse produto pode salvar vidas, pois facilita o uso precoce de medicamento em situações emergenciais”, diz Bob Rappaport, diretor da Divisão de Anestesia, Analgesia e Dependência Química do FDA.