Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Especialista esclarece dúvidas sobre o câncer de mama

O médico brasileiro Antônio Wolff, pesquisador da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, é um dos oncologistas mais renomados do mundo. VEJA.com o convidou para responder, em vídeo, as perguntas de leitores, pacientes e até médicos sobre a doença que mata mais de 11.000 mulheres todo ano no Brasil.

Clique nas perguntas para assistir aos vídeos:

Dr. Antonio Wolff

O oncologista Antonio Wolff é especialista em câncer de mama. Está começando um projeto de pesquisa com 8.000 mulheres, que fará testes com dois remédios – trastuzumabe e lapatinibe. Os primeiros resultados deverão começar a aparecer em dois anos.

Formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Wolff é pesquisador da Universidade Johns Hopkins há doze anos. Ali, atende pacientes duas vezes por semana e estuda, faz pesquisas, dá palestras. Seu foco é no que pode ser feito para melhorar a vida do paciente.

Prevenção Quais são os sintomas do câncer de mama? O autoexame é eficaz?

Vídeo

Há alguma mudança em hábitos de vida que previnem o câncer de mama?

Vídeo

A mastectomia preventiva é válida como prevenção? Quais são os critérios que devem ser levados em conta antes de se submeter a uma cirurgia do tipo?

Vídeo

É verdade que alguns hormônios podem estimular o crescimento de tumores? Quais são as consequências disso para o cotidiano das mulheres, que deixam de fazer reposição hormonal?

Vídeo

Qual a necessidade de fazer mamografia? Porque ainda não inventaram um método melhor, menos doloroso?

Vídeo

Tratamento O citrato de tamoxifeno é um remédio ainda utilizado nos EUA?

Vídeo

É verdade que a radioterapia pode não ajudar em nada – e até prejudicar?

Vídeo

Por que medicamentos iguais não funcionam da mesma forma para todas as pessoas?

Vídeo

Qual o risco do câncer voltar mais forte e em outros lugares do corpo após o término do tratamento?

Vídeo

Existem medicamentos para diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia?

Vídeo

Perguntas gerais Por que o câncer de mama é menos frequente nos homens?

Vídeo

Há registros de doentes que se curaram por completo após uma metástase e é possível uma sobrevida acima de cinco anos?

Vídeo

É possível participar das pesquisas conduzidas na Universidade Johns Hopkins?

Vídeo

Quais as probabilidades dos filhos de uma pessoa com câncer também desenvolverem a doença? E o que fazer para evitar?

Vídeo

Quais as chances de ter uma vida normal após o câncer?

Vídeo