Dieta das 500 calorias por dia: perigosa e para poucos

Ator de 'Thor' revelou seguir uma alimentação com poucas calorias para interpretar papel em novo filme. Ele não deve servir de exemplo – esse tipo de regime é indicado para casos específicos e oferece riscos à saúde

O ator Chris Hemsworth revelou nesta semana que está seguindo uma dieta extremamente restritiva para o seu próximo papel no cinema. Hemsworth, que ganhou 10 quilos e conquistou um corpo malhado para interpretar o personagem Thor na franquia da Marvel, deverá exibir um aspecto muito mais magro no filme Heart of the Sea. Para emagrecer, declarou estar ingerindo de 500 a 600 calorias por dia.

O caso de Chris Hemsworth não é novidade no mundo das artes. É comum atores adotarem dietas com o objetivo de perder ou ganhar peso para atuar em algum filme. Isso não quer dizer que uma alimentação com tão poucas calorias possa ser seguida por qualquer pessoa que deseje perder muito peso em pouco tempo. Ao contrário: uma dieta deve se pautar por indicações clínicas específicas, ser acompanhada por um especialista e ter prazo para terminar. Mesmo com todos os cuidados, há uma série de riscos à saúde.

Dieta para poucos Um regime com baixa ingestão calórica é uma estratégia reconhecida pelos médicos. Famosa pelo nome em inglês, a very low calorie diet (dieta muito pouco calórica) se caracteriza pelo consumo de 400 a 800 calorias por dia, segundo explicou Cintia Cercato, endocrinologista do grupo de obesidade do Hospital das Clínicas da USP, ao site de VEJA. “Indicamos essa dieta em condições muito específicas, como em pacientes obesos que precisam emagrecer para serem submetidos a algum procedimento médico que exija um menor peso. Existem máquinas para tomografia que não suportam mais de 120 quilos, por exemplo”, diz a médica. “Obviamente, não é uma estratégia para alguém que quer perder 3 ou 4 quilos.”

Segundo Cintia, há contraindicações para a adoção dessa dieta: pessoas com doenças cardiovasculares, diabéticas ou sensibilidade à insulina não podem ingerir quantidades tão pequenas de calorias.

Cuidados – Seguir uma dieta com extrema restrição calórica não significa consumir alimentos sem critério – é proibido preencher a cota diária de 400, 500 ou 800 calorias com um milk shake e uma coxinha, por exemplo. “A alimentação precisa ter quantidades ideais de carboidratos e proteínas de alto valor biológico, encontradas em carne, leite e ovo”, diz Cintia. “Com 800 calorias ou menos por dia, não é possível obter todas as vitaminas necessárias. Por isso, pessoas submetidas a essa dieta precisam de suplementação vitamínica.” Além disso, a dieta muito pouco calórica tem prazo para terminar – doze semanas, segundo a médica.

Mesmo que uma pessoa seja submetida a esse regime com indicações clínicas e supervisão médica, ela não estará livre de riscos. Os problemas incluem queda de cabelo, desidratação, pele seca, acúmulo de ácido úrico, além da formação de cálculos biliares (a pouca gordura prejudica a vesícula) e renais.

“Em geral, o melhor é seguir dietas menos radicais. Qualquer alimentação muito restritiva, além dos riscos que oferece à saúde, é difícil de manter a longo prazo”, diz Cintia. Uma dieta que não coloque a saúde de uma pessoa em risco costuma prever 1 500 calorias por dia para homens e de 1 200 para mulheres. Essa cota garante uma perda de 2 a 3 quilos por mês.

Diabético – O efeito sanfona pelo qual muitos atores passam para interpretar personagens se tornou alvo de discussão nos Estados Unidos no início do mês passado, quando Tom Hanks revelou sofrer de diabetes tipo 2. O ator, que engordou para atuar em Uma Equipe Muito Especial, em 1992, e perdeu peso para papéis em Filadélfia, em 1993, e O Náufrago, em 2000, disse acreditar que essas mudanças de peso contribuíram “um pouco” para a sua doença. “A variação de peso é muito ruim para o corpo. O ganho de peso, principalmente, eleva o risco de doenças, como o diabetes. Se o ator tivesse mantido o peso quando emagreceu, talvez o risco tivesse sido menor”, diz Cintia.

Confira atores que mudaram o corpo por causa de filmes: