Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dieta com baixa carga glicêmica é melhor para manutenção do peso

Esse padrão de alimentação se mostrou mais eficaz e saudável do que dietas que restringem gorduras ou carboidratos

Pesquisadores americanos observaram como três tipos diferentes de dieta contribuem para a manutenção do peso entre pessoas com obesidade que conseguiram emagrecer. Segundo os resultados, uma dieta que reduz a carga glicêmica no sangue pode ser a melhor alternativa em comparação com uma alimentação que restrinja gordura ou então carboidratos (entenda as características de cada uma dessas dietas). O estudo desenvolvido no Hospital Brigham and Women, que é vinculado à Universidade de Harvard, foi divulgado nesta quarta-feira no periódico The Journal of the American Medical Association (JAMA).

As três dietas do estudo:

DIETA COM BAIXA CARGA GLICÊMICA

Evita alimentos que aumentam rapidamente as taxas de açúcar no sangue, como carboidratos processados, açúcar branco, frutas em calda enlatadas, farinha branca, batatas e pães, por exemplo. Dá preferência a alimentos integrais, ricos em fibras. As calorias totais são distribuídas da seguinte forma: 40% de carboidratos; 40% de gordura; e 20% de proteína.

DIETA COM RESTRIÇÃO A CARBOIDRATOS

Restringe a quantidade de qualquer tipo de carboidrato e aumenta o consumo de proteínas. Das calorias totais dessa dieta, apenas 10% são carboidratos; 60% gorduras saudáveis; e 30% proteínas.

DIETA COM RESTRIÇÃO A GORDURAS

Evita gordura e dá preferência a grãos integrais, frutas e vegetais. As calorias totais são distribuídas em: 60% de carboidratos; 20% de gordura; e 20% de proteínas.

De acordo com o artigo, são poucas as pessoas que conseguem manter o peso após terem conseguido emagrecer. Os autores citam dados do Observatório Nacional de Exames em Saúde e Nutrição (NHANES, na sigla em inglês) de 2006, que indicam que apenas um em cada seis adultos que perde peso é capaz conservá-lo por ao menos um mês e meio. Segundo os pesquisadores, além da falta de motivação ou de adesão às dietas e atividades físicas, as adaptações biológicas do organismo após a redução do peso também são responsáveis por essa dificuldade. Eles explicam que, muitas vezes, o emagrecimento provoca mudanças que fazem com que o corpo passe a gastar menos energia e o individuo sinta mais fome.

Leia também:

Dieta rica em proteína e com restrição a carboidratos prejudica saúde cardíaca da mulher

Dieta com baixa carga glicêmica diminui riscos de doenças crônicas em obesos

Para avaliar o efeito de cada dieta sobre a manutenção do peso dos indivíduos, a pesquisa selecionou um grupo de 21 adultos obesos ou com sobrepeso. Essas pessoas seguiram uma alimentação estabelecida pelos autores do estudo e, após conseguirem perder entre 10% e 15% de seu peso corporal, eles foram submetidos aos três tipos de dieta. Em ordem aleatória, todos os participantes seguiram as dietas propostas durante quatro semanas cada uma.

Gasto calórico – Os pesquisadores observaram que o maior gasto calórico foi obtido com a dieta que restringe os carboidratos. No entanto, ela também foi associada a um maior risco de resistência à insulina e doenças cardiovasculares. Embora um pouco menor, a alimentação de baixa carga glicêmica também se mostrou benéfica em relação ao gasto das calorias e ainda teve efeitos positivos sobre os sintomas da síndrome metabólica, como hipertensão e colesterol alto. Por outro lado, a dieta com pouca gordura foi a que proporcionou o menor gasto calórico entre os participantes.

“Essas descobertas sugerem que uma estratégia que reduza a carga glicêmica na alimentação, e não a gordura ou os carboidratos, é vantajosa para a manutenção do peso e para a prevenção de doenças cardiovasculares. Para se ter sucesso na manutenção do peso, o ideal é aliar uma alimentação que favoreça o organismo a queimar mais calorias junto a intervenções comportamentais e ambientais”, dizem os pesquisadores no artigo.

Clique nas perguntas abaixo para saber mais sobre dietas e obesidade:

Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre!

É possível fazer uma dieta para perder apenas as gorduras localizadas – o famoso pneuzinho, por exemplo?

Por que algumas pessoas comem todo e nunca engordam e outras vivem de dieta e não conseguem perder peso?

Dietas com base no tipo sanguíneo funcionam?

A dieta do carboidrato realmente funciona? A falta dele na alimentação diária não faz mal?

Como emagrecer sem fazer exercício físico?

  • É possível fazer uma dieta para perder apenas as gorduras localizadas – o famoso pneuzinho, por exemplo?
  • Por que algumas pessoas comem todo e nunca engordam e outras vivem de dieta e não conseguem perder peso?
  • Dietas com base no tipo sanguíneo funcionam?
  • A dieta do carboidrato realmente funciona? A falta dele na alimentação diária não faz mal?
  • Como emagrecer sem fazer exercício físico?

Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre!

Evitar o consumo de carne ajuda a emagrecer?

Chá verde emagrece ou desintoxica? Existe um limite máximo diário para o consumo?

A ingestão de líquidos antes e durante as refeições ajuda a emagrecer?

Para evitar o ganho de peso, podemos comer algum alimento até quantas horas antes de dormir?

É verdade que ficar sem comer engorda? Por quê?

Comer em pequenas quantidades, várias vezes ao dia, é melhor que fazer apenas três refeições diárias?

  • Evitar o consumo de carne ajuda a emagrecer?
  • Chá verde emagrece ou desintoxica? Existe um limite máximo diário para o consumo?
  • A ingestão de líquidos antes e durante as refeições ajuda a emagrecer?
  • Para evitar o ganho de peso, podemos comer algum alimento até quantas horas antes de dormir?
  • É verdade que ficar sem comer engorda? Por quê?
  • Comer em pequenas quantidades, várias vezes ao dia, é melhor que fazer apenas três refeições diárias?

Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre! Vídeo Alfredo Halpern

Médico endocrinologista, professor da Faculdade de Medicina da USP e autor dos livros Pontos para o gordo e, em co-autoria com Claudir Franciatto, Desta vez eu emagreço! e Magro para sempre!

Quais são as consequências dos remédios para emagrecimento? Eles podem causar dependência?

É verdade que quem toma remédio para emagrecer engorda novamente ao parar de tomar?

Qual é a eficiência dos shakes de emagrecimento? Eles podem causar danos ao fígado?

Os termogênicos, que aumentam o metabolismo e a temperatura interna do corpo, trazem algum risco para a saúde?

  • Quais são as consequências dos remédios para emagrecimento? Eles podem causar dependência?
  • É verdade que quem toma remédio para emagrecer engorda novamente ao parar de tomar?
  • Qual é a eficiência dos shakes de emagrecimento? Eles podem causar danos ao fígado?
  • Os termogênicos, que aumentam o metabolismo e a temperatura interna do corpo, trazem algum risco para a saúde?
  • Dietas
  • Hábitos alimentares
  • Remédios e suplementos

*O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.